Segunda-Feira, 19 de Novembro de 2018
Preso ex- Secretário de Estado da Saúde do Rio. Máfia envolvia Organização Social de Saúde (OSs), que administra hospitais
Máfia ligada a Sérgio Cabral (PMDB), leva à prisão ex -Secretário de Estado da Saúde Sérgio Cortês e vários empresários ligados à OSs
31/08/2018 | 9:27
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

A Polícia Federal (PF), realizou na manhã de sexta-feira (31), uma operação para cumprir 21 mandatos de buscas e apreensões. Foi preso o ex- Secretário de Estado da Saúde do Rio de Janeiro Sérgio Cortês; além do empresário Miguel Iskin, que segundo denúncias à Justiça; formava um cartel de fornecedores de equipamentos e materiais hospitalares durante a gestão do governo Sérgio Cabral (PMDB)- sendo este ex- governador mafioso e corrupto também já anteriormente preso pela Polícia Federal.

 

A máfia que envolve Organizações Sociais - OSs no Rio de Janeiro, foi descoberta durante investigações realizadas pela Polícia Federal e Ministério Público Federal. É um desdobramento da Lava Jato no Rio de Janeiro. Faz parte do desdobramento das Operações Ressonância e Fratura Exposta. O mafioso e corrupto ex- Secretário de Estado de Saúde do Rio já havia sido preso recentemente pela PF.

 

Mas, uma decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes - e que não poderia ser muito diferente infelizmente como tantas outras destas decisões de favorecer mafiosos e corruptos propiciando-lhes habeas corpus (h.c); havia há menos de dois meses; mandado soltar da prisão este mafioso e corrupto ladrão do dinheiro público no Rio de Janeiro Sérgio Cortês.

 

A OSs Pró- Saúde no Rio de Janeiro envolvida nesta operação da PF e do MPF, administra o Hospital Getúlio Vargas e o Instituto Estadual do Cérebro. Vale destacar que nenhuma OSs no Brasil visa lucro. Ou seja, é uma instituição sem fins lucrativos, mas assim como muitas outras já envolvidas em corrupção no Brasil, esta no Rio de Janeiro, segundo investigações; repassava 10% do valor dos contratos bilionários para agentes mafiosos e corruptos em forma de propina.

 

O Brasil precisa urgente mudar a lei penal e manter corruptos e mafiosos por décadas na prisão

E agora, pergunta-se: haverá novamente de mandar soltar este e outros mafiosos e ladrões do dinheiro do povo do Rio de Janeiro ? Dinheiro que deve ser empregado ao salvamento de vidas de milhares de cidadãos no estado do Rio de Janeiro ? É esperar para ver.

 

O legítimo será manter mafiosos e corruptos presos e por muitos e muitos anos. É diante destas ações de desvios milionários e que atingem como outras tantas roubalheiras de dinheiro no Brasil que a legislação da lei penal terá que mudar e muito profundamente para manter mafiosos por décadas na prisão. Afinal, tirar - roubar dinheiro que deveria salvar vidas não poderia ser incluído como sendo um crime hediondo ? O Brasil, precisa de um presidente que realmente comande esta Nação.

 

E as eleições estão chegando e aliados, mafiosos a exemplo deste ex- governador do Rio já preso e tantos outros envolvidos em corrupção como desde ao Mensalão; Zelotes; Lava Jato e muitas outras operações que investigam desvios de bilhões de dinheiro do povo desta país; deverá nestas eleições fazer com que haja uma faxina, ampla mudança na escolha de seus representantes político.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar