Sábado, 17 de Novembro de 2018
Médico em Lages (SC), fraudava laudos de Raio-X e Ressonância no HGMTR. Desvios podem atingir R$ 300 mil
Hospital e Maternidade de Lages (SC), descobre fraude em laudos de exames de Raio-X e Ressonância Magnética. Radiologista pode ter obtido cerca de R$ 300 mil
08/11/2018 | 13:05
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Denúncias levaram a direção do Hospital e Maternidade Tereza Ramos (HGMTR), em Lages, na região do Planalto Catarinense, a descobrir fraudes praticadas pelo médico radiologista Odair Penso.

 

Os prejuízos financeiros diante de cobranças indevidas de exames de Raio-X e de Ressonância Magnética pode ter atingido cerca de R$ 300 mil. A direção do Hospital e Maternidade Tereza Ramos (HGMTR), descobriu as fraudes em laudos através da obtenção de relatório e prontuários de pacientes. De 2017 em diante, por exemplo, o médico radiologista pode haver recebido mensalmente de forma fraudulenta cerca de R$ 50 mil mensais.

 

Houve mês que os registros chegaram a cerca de R$ 60 mil mensais. Inclusive, em período onde aparelhos sequer funcionavam, pois estavam com problemas técnicos, ou seja, com peças para serem repostas. Em junho de 2018, a direção do HGMTR exonerou o médico - radiologista Odair Penso e exigiu a reposição dos recursos financeiros cobrados de forma ilícita.

 

Um processo disciplinar também foi aberto pela direção deste hospital e maternidade de Lages (SC). O repórter de uma das emissoras de rádio em Lages (SC), Daniel Goulart divulgou o caso que repercutiu na imprensa e na comunidade serrana e catarinense.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2018 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar