Sábado, 20 de Julho de 2019
Santa Catarina pode restringir uso de alguns agrotóxicos diante mortandade de abelhas
Laudo e relatório da Cidasc aponta que foi o uso de agrotóxicos causador de matança de milhões de abelhas. SC pode restringir uso de alguns agrotóxicos
07/05/2019 | 10:00
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O que muita gente especialmente maioria dos apicultores e até técnicos especialistas na área já sabiam desde há certamente alguns anos atrás, agora acaba de confirmar-se: Ou seja, a morte de milhões de abelhas em várias regiões do Estado de Santa Catarina é provocado pelo uso de alguns tipos de agrotóxicos em lavouras e pomares. Recente laudo e relatório elaborado pela Cidasc e acompanhado pela Epagri, detectou que a causa da morte de milhões de abelhas na região do Planalto Norte do Estado de Santa Catarina; foi devido ao uso de alguns tipos de agrotóxicos, especialmente do fungicida Trifloxistrobina e dos inseticidas Triflumuron e Fribronil - sendo este último o mais agressivo com relação à causa da morte de milhões de abelhas e, portanto, destruição de milhares de colméias.

 

Diante desta gravidade que compromete a produção de mel em Santa Catarina - o maior produtor de mel do Brasil e maior exportador de mel; além de ter o melhor mel do mundo conforme várias premiações internacionais; o que se pode estabelecer diante disto é que o governo de Santa Catarina; deverá regulamentar ua proposta e medidas que restrinja o uso destes agrotóxicos em lavouras e pomares em Santa Catarina.

 

Outra questão recente também debatida em todo o estado de Santa Catarina foi quanto à qualidade de água junto a diversos mananciais; em que 22 cidades são abastecidas com água de baixa qualidade e que coloca em risco a saúde dos consumidores. Santa Catarina começa debater importantes assuntos inerentes à saúde da população em termos de preservação tanto da qualidade da água quanto de alimentos e, sobretudo, nesta questão de preservação de abelhas que são importantes na polinização de pomares.

 

Na região de São José do Cerrito, vem ocorrendo intensa mortandade de abelhas e que pode ter ligação também com uso de algum tipo de agrotóxico em lavouras daquela região serrana.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2019 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar