Domingo, 15 de Setembro de 2019
AFLOREM e Alesc promoveram II Seminário Catarinense sobre Esclerose Múltipla
Esclerose Múltipla foi tema de seminário em Florianópolis (SC). Foi no Plenarinho da Alesc com participação da AFLOREM
31/08/2019 | 23:09
Postado por: Destaque Catarina
A- A+
A realização do II Seminário Catarinense sobre Esclerose Múltipla, sexta-feira (30), no Plenarinho da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina - Alesc, e participação conjunta da AFLOREM - Associação de Apoio aos Portadores de Esclerose Múltipla da Grande Florianópolis, contou com as presenças de cerca de 130 pessoas.  Vários palestrantes abordaram temas relevantes sobre a Esclerose Múltipla (EM) - uma doença  complexa, inflamatória que causa múltiplas lesões no cérebro e na medula e tem início; em geral; entre 20 e 30 anos de idade, mas que atinge também pessoas com idade acima desta faixa etária e tem uma predileção pelas mulheres - ( há em torno de três mulheres doentes para cada homem), segundo dados levantados em todo o mundo sobre a Esclerose Múltipla (EM).
 
 
Os sintomas da Esclerose Múltipla são variados, às vezes confundindo-se com o de outras doenças. Os sintomas mais comuns da Esclerose Múltipla são: visão embaçada; unilateral ou bilateral; associada a dor à movimentação dos olhos; perda do equilíbrio do corpo ou da coordenação motora em qualquer membro; paralisia em quaisquer membro; dormência ou formigamento em qualquer parte do corpo; perda de controle de urina ou fezes; visão dupla e vertigem são os mais comuns sintomas da Esclerose Múltipla (EM).
 
 
Neste II Seminário Catarinense sobre a Esclerose Múltipla (EM), foram debatidos vários temas como desde ao diagnóstico e acolhida do paciente no Hospital Universitário (HU) em Florianópolis (SC); cujo palestrante foi o médico especialista em Esclerose Múltipla, o Neurologista Adauto Wanderley da Nóbrega Júnior. Outro tema debatido foi sobre a qualidade de vida, através de palestra com o  Fisioterapeuta Vitor Osmar Adamczyk. A Psicóloga Gislaine Nunes Echeverria ministrou palestra sobre as fases de aceitação da Esclerose Múltipla e o médico Neurologista especialista em Esclerose Múltipla Luciano Nogueira;  proferiu palestra abordando os novos tratamentos e tecnologia para Esclerose Múltipla (EM). 
 
 
A presidente da AFLOREM Suelen Alves destacou neste II Seminário Catarinense sobre Esclerose Múltipla (EM), a importância de desenvolver amplitude deste trabalho voltado aos pacientes portadores de Esclerose Múltipla não somente na região da Grande Florianópolis, porém, em todo o estado Catarinense  Em todo o país onde o desafios são imensos diante das grandes dificuldades quando se trata de  buscar ampliação da assistência aos portadores de Esclerose Múltipla (EM), em Santa Catarina a AFLOREM dá este exemplo de atuar e construir este elo de fortalecimento de entidades em prol de conscientizar mais a população sobre a Esclerose Múltipla (EM).
 
 
Os sintomas desta doença; os tratamentos; enfim; integrar cada vez mais estes esforços conjuntos para melhorar a qualidade de vida dos portadores da Esclerose Múltipla (EM); são fundamentais; destacou.  Suelen, lembrou ainda da atuação importante da AFLOREM que vem ampliando este trabalho em prol dos portadores de Esclerose Múltipla (EM). Trabalho este que não se limita apenas aos associados da AFLOREM, mas que abrange um universo mais amplo em apoio às pessoas portadoras de Esclerose Múltipla (EM), que residem em outras regiões de Santa Catarina onde não possuem uma entidade semelhante a da AFLOREM para dar este suporte de apoio e orientações sobre a Esclerose Múltipla (EM). 
 
Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2019 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar