Sábado, 04 de Julho de 2020
Santa Catarina em estado crítico diante avanço da Covid-19. Hospitais com UTIS lotadas e governantes parecem alienados
Santa Catarina em estado crítico diante do avanço da Covid-19. Hospitais com UTIs lotadas e governantes parecem alienados
22/06/2020 | 9:43
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O Estado de Santa Catarina começa enfrentar o início de uma fase mais crítica diante do avanço crescente e rápido dos casos de pacientes portadores da Covid-19. São quase 18.000 mil casos da Coid-19 e 246 mortes pela Covid-19 em Santa Catarina. Os principais hospitais de Santa Catarina estão com praticamente toda a capacidade de leitos indisponíveis para o atendimento à pacientes portadores do novo coronavírus Covid-19.

 

Exemplo disto é o Hospital Regional e São José (SC), onde a direção deste hospital emitiu nota da sexta-feira (19) destacando que não há mais leitos de UTI disponível ao atendimento aos pacientes que chega à porta desta unidade hospitalar em busca deste atendimento. Em Itajaí, a situação é crítica onde a capacidade de leitos de UTIs também está próximo dos 100% de sua capacidade e o mesmo vem ocorrendo em Balneário Camboriú (SC), onde chega a mais de 75% a ocupação de leitos de UTIs. Outras cidades catarinenses também estão ameaçadas desta falta de leitos de UTIs: Chapecó; Concórdia; Criciúma; Tubarão; Blumenau dentre outras cidades onde o número de casos da Covid-19 vem sendo registrados.

 

Santa Catarina entra na fase mais crítica diante avanço da Covid - 19 e aglomerações vão pôr em maiores riscos

E para piorar esta situação que já é extremamente preocupante devido não tão somente da falta de leitos de UTIs, porém, também da falta de medicamentos para o tratamento ao combate de sintomas respiratórios; muitos prefeitos e até o governador de Santa Catarina Carlos Moisés (PSL), estão ampliando retorno de maioria das atividades econômicas o que está facilitando esta expansão de casos positivos do novo coronavírus Covid-19.

 

O retorno do transporte coletivo como exemplo em Lages; Joinville; Florianópolis e de outras cidades catarinenses que aderiram a esta liberação; poderá daqui em diante comprometer de forma muito grave ao aumento de casos da Covid-19. Com a chegada do Inverno onde a região Sul do país sofre constantes baixas temperaturas neste período do ano; as consequências com as doenças respiratórias poderão agravar-se de forma muito intensa e propiciar riscos maiores infelizmente de vítimas pela Covid-19.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2020 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar