Quinta-feira, 22 de Outubro de 2020
Exemplo de solidariedade soluciona entrega rápida de medicamento em prol de jovem com Esclerose Múltipla em SC
18/09/2020 | 18:57
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Um jovem com idade de 15 anos e morador de São Joaquim, na região da Serra Catarinense, teve uma ajuda quase que imediata e resultado de uma divulgação recente em rede social; através de um grupo da Associação Florianópolis e Região de Esclerose Múltipla que congrega um grupo de pessoas portadores de Esclerose Múltipla (E.M) - uma doença auto imune e que causa muitos sintomas diferentes, entre eles perda da visão; dor; fadiga e comprometimento da coordenação motora e variam conforme a pessoa.

 

Ao haver uma postagem de que um paciente portador de Esclerose Múltipla (E.M.), com idade de 15 anos e que reside em São Joaquim (SC); um doador que reside em Balneário Camboriú (SC), imediatamente tratou de realizar os contatos diretos entre ambos a fim de proceder o encaminhamento de medicamento pelo qual o jovem em São Joaquim vem sendo tratado devido à doença. O medicamento doado chegou em São Joaquim (SC), na quarta-feira (16). Ou seja, no mesmo dia em que saiu de Balneário Camboriú (SC).

 

O acondicionamento do medicamento foi feito dentro das normas recomendadas pelo Ministério da Saúde a fim de que se pudesse haver o transporte de Balneário Camboriú até São Joaquim (SC). Exemplo de solidariedade preconizada como muitas outras que ocorrem especialmente no Brasil e através deste mais um novo exemplo, demonstra o quão é importante haver esta ajuda e ainda mais numa situação que envolve a saúde humana. Para destacar, se fosse adquirir cada uma das injeções do medicamento utilizado para o tratamento de Esclerose Múltipla e neste caso doado ao paciente em São Joaquim (SC); o custo abrange na ordem de cerca de R$ 12 mil reais cada caixa.

 

Foram doadas duas caixas contendo cerca de 11 destas injeções p ao jovem com apenas 15 anos de idade e cuja identidade é preservada como garantia Constitucional. Vale destacar que a maioria dos pacientes que precisam de medicamentos de alto custo, geralmente ingressam com solicitações junto a Secretaria de Estado da Saúde a fim de poder dar continuidade ao tratamento acompanhado de um médico especialista Neurologista. Nem sempre se é possível alcançar este objetivo junto a Secretaria de estado da saúde e onde entra aí a esfera jurídica para oportunizar a garantia deste atendimento ao portador de Esclerose Múltipla (E.M.). A Aflorem vem realizando um excelente trabalho em prol não somente de seus associados, porém, para pacientes de E.M. que residem em outras cidades e regiões do país e este é um dos exemplos recentes desta atuação em rede de apoio.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2020 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar