Quinta-feira, 29 de Outubro de 2020
Nova onda da Covid-19 com altas taxas de transmissão preocupa OMS. Europa e EUA já adotam medidas drásticas
Nova onda da Covid-19 com altas taxas de transmissão preocupa OMS. Europa e EUA adotam medidas drásticas para conter avanço
24/09/2020 | 12:29
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Uma nova onda de transmissão mais rápida do que do início da pandemia do novo coronavírus Covid-19, faz países do Bloco Comum Europeu adotar medidas drásticas, inclusive, não descartando adoção do lockdown já nos próximos dias em várias cidades da Espanha; França; Reino Unido Itália; Alemanha; dentre outros. A mutação do Sars Cov-2 ( Covid-19), chamado de D614G já está presente na expansão desta pandemia do novo coronavírus Covid-19 e que já atingiu mais de 30 milhões de infectados em todo o mundo e onde mais de 945 mil pessoas morreram devido à doença.

 

Nos Estados Unidos, também há grande preocupação diante de avanço desta pandemia da Covid-19 que novamente começa registrar aumento de número de casos de maneira muito mais rápida comparada ao início desta pandemia. Em Madri, na Espanha, mais de 1.000.000 milhão de pessoas já estão novamente em quarentena rigorosa como forma preventiva ao novo coronavírus Covid-19. No Brasil, ao contrário do que já vem ocorrendo na Europa e Estados Unidos, que nestes pelo menos dois últimos meses tiveram um relaxamento nas ações preventivas à Covid-19, o relaxamento permitido no Brasil por diversos governantes, sejam municipais e ou estaduais; permitindo que a maioria das atividades retomem normalmente; acabam provocando maiores riscos à contágios pela Covid-19. O diretor regional da OMS na Europa Hans Kluge, destacou que há uma grande preocupação da OMS diante esta segunda onda da pandemia da Covid-19 tanto na Europa quanto nos Estados Unidos. São taxas alarmantes que nos preocupam, destacou.

 

Ao haver uma maior aglomeração de pessoas, seja no transporte público; retomada de aberturas de bares; restaurantes e afins; cinemas; shoppings; acesso às praias; atividades desportivas; academias; além de retomada também das atividades escolares - que poderão em breve ocorre; estas decisões acabam por ampliar o leque dos riscos maiores ao contágio do novo coronavírus Covid-19. O Brasil já tem registrado quase 5.000.000 milhões de infectados pela Covid-19, sendo que mais de 139.000 mil pessoas foram a óbito. Em média por dia no Brasil são cerca de 850 óbitos, sendo em média também cerca de 36.000 mil infectados pela Covid-19 diariamente.

 

Esta longa duração média de infectados e de mortes indicam que a pandemia do novo coronavírus Covid-19 no Brasil está provocando expansão da doença mesmo diante aos cuidados preventivos que a maioria da população realiza contendo o uso de máscaras; álcool em gel; distanciamento social - o que nem sempre se é possível manter este distanciamento social com rigor como orientam órgãos de Saúde e a Organização Mundial de Saúde - OMS; principalmente quando se sai de casa para ir ao trabalho ou em supermercados e ao comércio em geral. Porém, o uso da máscara é fundamental e junto a medidas de higienização das mãos e com muita frequência e evitar levar as mãos aos olhos e boca sem antes fazer a higienização com bastante água e sabão; sabonete ou mesmo o álcool em gel.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2020 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar