Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020
Operação Oxigênio em SC : Alesc e TJSC definem integrantes para o Tribunal Misto de Julgamento de Carlos Moisés (PSL)
Operação Oxigênio em SC: Alesc e TJSC definem integrantes para o Tribunal Misto de Julgamento de Carlos Moisés (PSL
28/10/2020 | 0:29
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O governador afastado do cargo em Santa Catarina Carlos Moisés (PSL), que terá prazo de 180 dias para sua defesa enfrenta novamente o segundo julgamento por este Tribunal Misto de Julgamento e desta vez sobre o caso da Operação Oxigênio que investigou o pagamento antecipado de R$ 33 milhões por 200 respiradores pulmonares fantasmas e cujo pagamento antecipado no início de abril deste ano, foi feito pelo governo do Estado de Santa Catarina; através da Secretaria de Estado de Saúde (SS), à empresa fajuta e golpista Veigamed, do Rio de Janeiro.

 

O primeiro processo de impeachment contra o governador afastado do cargo Carlos Moisés (PSL), refere-se ao caso da concessão de isonomia salarial á todos os procuradores de Santa Catarina sem passar por um projeto de lei junto a aprovação da Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina- Alesc. A operação Oxigênio foi deflagrada em abril deste ano e culminou com buscas e apreensões, além de várias prisões, bem como, a queda de dois secretários de Estado ( um da Saúde e outro da Casa Civil). Até agora, os R$ 33 milhões de reais sequer foram devolvidos aos cofres públicos do Estado de Santa Catarina e tão pouco concluída todas as investigações - processos e inquéritos tramitam na esfera do Judiciário a fim de que haja pleno esclarecimentos sobre para onde foram parar os R$ 33 milhões, bem como, responsabilizar quem esteve envolvido neste ato criminoso de desvios e fraudes relacionadas ao caso dos 200 respiradores pulmonares que seriam destinados ao atendimento a pacientes portadores da doença do novo coronavírus Covid-19.

 

Veja como ficou composto o Tribunal Misto de Julgamento relacionado à operação Oxigênio ( 200 respiradores de R$ 33 mi )

A Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina - Alesc votou e definiu os cinco deputados que integram a partir de agora o Tribunal Misto de Julgamento do governador afastado Carlos Moisés (PSL): Laércio Schuster (PSB); Valdir Cobalchini (MDB); Fabiano da Luz (PT); Marcos Vieira (PSDB) e José Milton Scheffer (PP). Já, o Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina (TJSC), definiu na terça-feira (27), os seguintes desembargadores que integram este Tribunal Misto de Julgamento: Luiz Zanelatto; Sônia Maria Schmtiz; Rosane P. Wolff; Luiz Antônio Fornerolli e Roberto Lucas Pacheco. Na sexta-feira (30), às 10 hs ; haverá a instalação deste Tribunal Misto de Julgamento em reunião na Alesc presidida pelo presidente do Tribunal de Justiça do Estado de Santa Catarina (TJSC); Ricardo Roesler. Desta vez, neste segundo processo de impeachment o processo foi aprovado pela Alesc por maioria dos deputados estaduais somente contra o governador agora afastado do cargo Carlos Moisés (PSL).

 

A vice-governadora na época Daniela Reinehr, não teve aprovada pela Alesc o processo de impeachment contra ela e que agora, Daniela Renehr diante do afastamento de Carlos Moisés (PSL), do cargo do Executiovo estadual, acabou assumindo o cargo temporariamente neste período de 180 dias até a definição tanto do processo no caso da concessão de isonomia salarial aos procuradores de Santa Catarina quanto ao caso dos 200 respiradores pulmonares de R$ 33 milhões e também do hospital de campanha do n vo coronavírus Covid- 19 em Itajaí (SC), que seria instalado com uma série de irregularidades e que foi, inclusive criticado estas irregularidades deste hospital pro parte de Daniela Renehr.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2020 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar