Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020
Biden inclui médica brasileira na força - tarefa de combate à pandemia de Covid - 19
10/11/2020 | 12:29
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

O presidente eleito dos Estados Unidos Joe Biden, escalou a médica brasileira Luciana Borio, especialista em doenças infecciosas e que já vem atuando junto ao governo norte-americano na área da Saúde desde o governo de Barack Obama. Nascida no rio de Janeiro, Luciana Borio está desde 1990 nos Estados Unidos onde formou-se em Medicina pela Universidade de George Washington. Juntamente com outros doze profissionais da área da Saúde; Luciana Borio, foi responsável por políticas preventivas médicas e biodefesa da Unidade de Segurança Global de Saúde do Conselho Nacional (NSC, sigla em inglês ) - organização ligada diretamente à Presidência dos Estados Unidos.

 

Há cerca de um ano atrás Luciana Borio, havia alertado durante realização de um simpósio científico nos Estados Unidos que uma pandemia de gripe seria a maior ameaça de saúde pública que os Estados Unidos poderia enfrentar. E, Luciana Borio acertara seu prognóstico de risco quanto a ocorrência futura de uma pandemia como a que desta pandemia do novo coronavírus Covid-19 abrange não somente os Estados Unidos, porém, o mundo com o um todo. Já são mais de 10.070.000 milhões de infectados somente nos Estados Unidos e onde mais de 269 mil pessoas foram a óbito devido a doença. A médica brasileira Luciana Borio, atuou em várias frentes de trabalho na Saúde na gestões de Barack Obama e Donald Trump e continuará no governo de Biden diante sua eficiência profissional, conhecimentos científicos relacionados especialmente às doenças infectocontagiosas como Zika e Ebola além do novo coronavírus Covid-19.

 

Nova onda da pandemia de Covid-19 avança rápido nos Estados Unidos, Europa e América Latina

No mundo todo já são mais de 51.000.000 milhões de pessoas infectadas pela Covid-19. no Brasil, o registro da doença ultrapassa mais de 1.200.000 pessoas infectadas pela Covid- 19 e onde mais de 169 mil pessoas morreram. A segunda onda da pandemia da Covid-19 é assustadora na Europa e nos Estados Unidos onde o avanço da pandemia é mais do que o dobro de registros comparados as primeiras semanas da pandemia. No Brasil, há estados como Santa Catarina; Rio de Janeiro; São Paulo; e alguns estados de regiões do Norte e do Nordestes que também vem apresentando aumento de casos de Covid-19 e que deixam preocupados autoridades de saúde e também a população.

 

Na região da Grande Florianópolis (SC), não há na atualidade disponibilidade de leitos de UTIs para pacientes de Convid-19. Situação que mostra a gravidade com que a pandemia atinge esta região litorânea do estado de Santa Catarina.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2020 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar