Terça-Feira, 01 de Dezembro de 2020
Brasil sofre impacto com segunda onda da Covid-19 e número de infectados são assustadores
18/11/2020 | 3:18
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Foi só passar as eleições e o impacto da pandemia do novo coronavírus Covid-19 mostra a realidade da pandemia onde o aumento assustador de infectados pelo vírus aponta que a segunda onda desta pandemia chega ao Brasil de forma assustadora como atinge atualmente a Europa e os Estados Unidos. A rapidez com que está ocorrendo registros de pessoas à procura de unidades de Saúde espalhadas pelo Brasil é assustador. Em Lages (SC), no sábado (14), véspera da eleição municipal, mais de 460 pessoas estiveram numa das principais unidades de Pronto Atendimento à Saúde a fim de realizar consultas médicas e exames para detectar a presença do novo coronavírus Covid-19. Nunca em nenhum dia ao longo destes dez meses desde o início da pandemia, ocorreu uma presença enorme de pessoas num só dia e com sintomas do provável vírus a fim de realizar consultas médicas naquele local.

 

O Brasil, segurou passar o carnaval e logo no primeiro dia após o evento, começou sofrer impacto da pandemia e num ritmo acentuado e que hoje atinge mais de 166.000 mil óbitos e com mais de 5.500.000 infectados pela Covid-19. Agora, eis que bastou passar as eleições e o impacto da pandemia da Covid-9 no país foi imediato. Em São Paulo (SP); hospitais estão com cerca de 85% da ocupação de UTIs por pacientes com o novo coronavírus Covid-19. No Rio de Janeiro também a situação é grave assim como na maioria dos estados brasileiros onde avança rapidamente o novo coronavírus Covid-19.

 

Bolsonaro e até o Ministério da Economia não admitem segunda onda

Primeiro, logo que iniciou-se a pandemia da Covid-19 no Brasil, o presidente da república Jair Bolsonaro chamou a pandemia do novo coronavírus Covid-19 como sendo apenas uma " gripezinha " - mas que a doença infelizmente já matou até agora somente no Brasil, mais de 165.000 mil pessoas no Brasil e que segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), este número poderá ser seis vezes maior assim como ao que se refere ao total de infectados não somente no Brasil, porém, em todo o mundo. Aliás, em todo o mundo são mais de 55.000.00 milhões de pessoas infectadas pela Covid-19 e onde mais de 1.380.000 pessoas foram a óbito. Estados Unidos e o Brasil além do Reino Unido são os países com maior número de mortes pela Covid-19; depois vem a Espanha; Itália; França; Alemanha e assim por diante em que a pandemia já abrange praticamente todos os países do mundo.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2020 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar