Sexta-feira, 22 de Janeiro de 2021
Santa Catarina vive caos na Saúde. Desgoverno diante pandemia da Covid-19. Número de mortos se aproxima de 5 mil
Santa Catarina vive dias de caos na Saúde. Desgoverno diante pandemia da Covid-19. Número de mortos chega perto de 5 mil
21/12/2020 | 20:09
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Quase cinco mil pessoas, isto mesmo: número de mortes pelo novo coronavírus Covid-19 em Santa Catarina se aproxima de 5.000 vidas perdidas devido ao contágio do novo coronavírus Covid-19 em menos de 12 meses deste início desta pandemia. E os números de contágios vão aumentando no dia a dia de forma avassaladora onde somente em menos de 30 dias mais de 1.000 pessoas foram a óbito pela Covid-19 em Santa Catarina. São mais de 462.000 mil pessoas que sofreram contágios da Covid-19 - isto oficialmente, segundo dados divulgados pelo governo de Carlos Moisés (PSL). A Organização Mundial de Saúde (OMS ) preconiza que para cada caso de Covid - 19 haja pelo menos outros seis casos da doença. isto quer dizer que no Estado de Santa Catarina os números de contágios chegam a mais de 2.400.000 casos de contágios da Covid-19. São mais de 15 mil testes de Covid-19 que se encontram à espera de resultados e falta o governo realizar testes da Covid-19 em toda a população. O Estado de Santa Catarina encontra- se em fase de desgoverno onde falta uma política pública de Saúde capaz de pelo menos controlar o avanço do novo coronavírus Covid-19 e, por conseguinte evitar avanço rápido de mais mortes pela Covid- 19. O Ministério Público do Estado de Santa Catarina; Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SC); Federação Catarinense dos Municípios - FECAM, dentre outras entidades se mostram extremamente preocupados com a situação da pandemia da Covid-19 em Santa Catarina e, principalmente; diante da forma com que o governador Carlos Moisés (PSL), vem atuando em relação á política de saúde nesta pandemia gravíssima da Covid-19. O regramento de combate à Covid-19 por parte do governo de Carlos Moisés (PSL), está servindo de chacota por grande parte da população catarinense. Basta ver pelas redes sociais a série de manifestações e memes.

Santa Catarina diante do caos administrativo e de Saúde

O regramento por parte do governo de Moisés (PSL), é típico de piada de mau gosto: ou seja, determina o afrouxamento das regras diante desta pandemia da Covid-19 em pleno período de maior gravidade desta pandemia. Descompromisso com a saúde e com a vida da população catarinense. Joga a responsabilidade aos municípios e estes por sua vez devolve ao governo do Estado, pois se depender do governo de Bolsonaro, os registros de casos da Covid-19 já teriam atingido patamares extremamente graves com número de mortos no Brasil ultrapassando 3 a 4 milhões de pessoas ao longo destes meses da pandemia da Covid-19 e tendo um número de infectados pela Covid-19 alcance próximo de 50 milhões de pessoas neste país. Bolsonaro chegou em Santa Catarina para alguns dias de lazer; aproximou-se de público sem uso de máscara, sorriu bastante e a desgraça a grande maioria do povo brasileiro continua: desemprego em massa, milhões de famílias passando dificuldades seja financeira ou de saúde; e por outro lado, em contrapartida. muitos mafiosos sendo soltos e livres da prisão por parte de decisões monocráticas de alguns ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), que nesta época do ano, mais parecem uma espécie de " Papai Noel " somente para mafiosos e corruptos. Este é o Brasil de décadas de desmandos sejam eles financeiros; corrupção e roubalheira do dinheiro público- exemplo disto com o caso dos R$ 33 milhões pagos antecipados pelo governo de Moisés, em Santa Catarina, para 200 respiradores pulmonares que sequer foram entregues ao governo de Santa Catarina. Até agora, sequer o governo ou a Justiça concluiu quem de fato é o responsável pelo sumiço de R$ 33 milhões de reais- dinheiro oriundo do povo catarinense.

Imagem: sc.gov.br

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2021 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar