Segunda-Feira, 08 de Março de 2021
Tragédia anunciada: Chapecó (SC), atinge colapso na saúde devido ao novo coronavírus Covid-19
16/02/2021 | 10:21
Postado por: Destaque Catarina
A- A+

Desde que ocorreu aumento assustador do número de casos de pessoas infectadas pelo novo coronavírus - Covid-19, na região Oeste do Estado de Santa Catarina, em meados de 2020; onde cerca de 950 pessoas que atuavam nas atividades junto algumas das plantas frigoríficas de aves e suínos desta região e que foram infectadas pela Covid-19; ali já se presumia a gravidade com que poderia ocorrer dali em diante quanto ao avanço da doença em toda a região Oeste Catarinense. isto, sem contar casos de infectados pelo novo coronavírus Covid-19; em pessoas que atuam nas mais diversas atividades econômicas desta região catarinense.

 

O colapso na saúde chegou em Chapecó e nos demais municípios da região Oeste de Santa Catarina. Faltou políticas públicas de enfrentamento e de prevenção à pandemia da Covid-19 em Chapecó, assim como está faltando em todo o restante do Brasil. Subestimaram a doença da Covid-19. Autoridades governamentais na maioria delas foram e estão sendo irresponsáveis ao enfrentamento desta pandemia. A começar pelo presidente da República Jair Bolsonaro ao dizer que o vírus era uma " gripezinha " - que já matou mais de 240 mil pessoas em um ano no Brasil.

 

Em Santa Catarina, já são mais de 6.870 mortes pela Covid-19. Crime hediondo e que já está sendo investigado pelo Ministério Público Federal (MPF) e até a Polícia Federal (PF), para saber daqueles que incentivaram a compra e também do uso de medicamentos como desde a Cloroquina inapropriados para combater a Covid-19. A vacina é a única capaz de evitar a doença e por isto a urgência da imunização para toda a população mundial.

 

Chapecó (SC), entra em colapso. Pacientes com a Covid-19 são transferidos à outras regiões do país

Assim como está ocorrendo em Manaus e toda a região amazônica onde a pandemia do novo coronavírus Covid-19 está avançando rapidamente e provocando mais mortes; Chapecó (SC), atinge o colapso na área da Saúde. Hospitais lotados. Faltam leitos de UTIs e também faltam equipamentos e até de maior número de profissionais para atender a demanda ao atendimentos aos pacientes com a Covid-19. Ambulâncias saem constantemente de Chapecó (SC), transportando pacientes com a Covid-19 para hospitais de outras cidades catarinenses e até de outros estados vizinhos como do Paraná e do Rio Grande do Sul. A tragédia anunciada há meses na região Oeste de Santa Catarina poderia ser evitada senão fosse a incompetência do prefeito de Chapecó João Rodrigues (PSD), e do governador de Santa Catarina Carlos Moisés (PSL). Ambos, deixaram de adotar medidas mais rigorosas ao controle e prevenção da pandemia do novo coronavírus Covid-19.

 

O resultado está aí: milhares de pessoas infectadas pelo novo coronavírus Covid-19 em Chapecó (SC) e em toda Santa Catarina. E a gravidade da doença pelo novo coronavíris Covid-19 somente avança infelizmente devido ao surgimento de novas cepas como a de Manaus que é bem mais grave e letal e que já está presente em todo o Brasil assim como em vários outros países. E tem a variante da Covid-19 também da África e do Reino Unido e que poderá também estar presente no Brasil e desta forma ampliando rapidamente o número de pessoas infectadas pela Covid-19. Cabe urgente tomadas de decisões e que poderão incluir Look down nas regiões mais gravemente atingidas pela pandemia da Covid-19.

 

O Brasil chega a mais de 239.000 mil óbitos pela Cofid-19 e perto de 10.000.000 milhões de infectados Em Chapecó (SC), um gabinete de crise está seno instalado para atender ao enfrentamento desta pandemia. Novos leitos de UTIs para pacientes com a Covid-19; assim como de enfermagem deverão ser instalados ainda durante esta semana no Hospital Regional em Chapecó (SC). Mas, mesmo assim, é preciso mais atenção e com o avanço desta pandemia da Covid-19, um hospital de campanha na região Oeste poderia desafogar o gargalo destes atendimentos na área da saúde.

Comentários (0)
Seja o primeiro a comentar.
© 2010 - 2021 Jornal Destaque Catarina. Todos os direitos reservados
Encaminhe esta notícia
Seu nome
Seu e-mail
E-mail remetente
Comentário
Caracteres restantes

Enviar notícia
Reportar abuso
Seu nome
Seu e-mail
Seu telefone
Comentário
Caracteres restantes

Reportar abuso
Faça seu login!
Login
Senha
Permanecer conectado
Conectar