SUPER SALÁRIOS DE PROCURADORES E PROMOTORES REPERCUTE

COM EXCLUSIVIDADE O JORNAL O ESTADÃO, DE SÃO PAULO, DIVULGOU NO DOMINGO (14), QUE CERCA DA METADE DOS PROCURADORES E PROMOTORES DO MINISTÉRIO PÚBLICO BRASILEIRO RECEBEM ACIMA DO TETO CONSTITUCIONAL DO FUNCIONALISMO PÚBLICO QUE É ATUALMENTE DE R$ 41,6 MIL REAIS POR MÊS. SEGUNDO O ESTADÃO , UMA VASTA GAMA DE PENDURICALHOS PARA PROCURADORES E PROMOTORES PÚBLICOS, FAZ COM QUE HAJA CONDIÇÕES PARA QUE CERCA DE 75% DELES POSSAM FURAR O TETO SALARIAL, CHEGANDO A RECEBEREM MENSALMENTE ATÉ R$ 200 MIL REAIS POR MÊS. QUESTIONADO PELO ESTADÃO, OS MPS ESTADUAIS , AFIRMARAM QUE A REMUNERAÇÃO QUE ENCONTRA-SE " INTEGRAL CONSONÂNCIA COM O ORDENAMENTO JURÍDICO VIGENTE". OS MPS GASTARAM POR MÊS R$ 696,8 MILHÕES COM 11,2 MIL PROCURADORES E PROMOTORES ESTADUAIS. ELES CONTAM TAMBÉM COM OS AUXÍLIO: MORADIA, AUXÍLIO-EDUCAÇÃO E AUXÍLIO-CRECHE. O ESTADO DE SANTA CATARINA É ONDE PROCURADORES E PROMOTORES PÚBLICOS POSSUEM OS MAIORES SALÁRIOS DA CATEGORIA NO PAÍS, SEGUNDO O ESTADÃO, EM QUE OS 499 MEMBROS DO ÓRGÃO CATARINENSE EMBOLSARAM EM OUTUBTO DE 2023 EM MÉDIA R$ 106 6 MIL BRUTO ( R$ 92,3 MIL LÍQUIDO), TOTALIZANDO EM SC UM TOTAL DE R$ 53 MILHÕES AOS COFRES PÚBLICOS DO ESTADO DE SANTA CATARINA. APENAS 10 DELES, CERCA DE 2% EM SC, NÃO GANHARAM ACIMA DO TETO.