INVESTIGAÇÕES DO MPSC PODE REVELAR MAIS AÇÕES DE QUADRILHA; MÁFIA EM FLORIANÓPOLIS

Uma super organização criminosa, máfia, quadrilha pode estar desviando mais de R$ 2 milhões dos cofres públicos somente através de através de convênios ligadas com algumas ONGS ( Organizações Não- Governamentais ), com supostas ligações por parte de alguns dos investigados na Operação " Presságio ". O MPSC investiga nesta ação investigatória em que a polícia ( DIC e DEIC; cumpriram 24 mandados de buscas e apreensão em Florianópolis; São José, Palhoça, Vila Velha (RO) e em Brasília (DF). Os investigados nesta Operação " Presságio ", vão responder diante da Justiça de Santa Catarina pelos supostos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro, desvios financeiros dos cofres públicos, fraudes , propinas e formação de organização criminosa, foi deflagrada pelo Ministério Público do Estado de Santa Catarina (MPSC), durante a quinta-feira (18), em Florianópolis (SC).

80 policiais de várias delegacias especializadas ao combate a corrupção e ao crime organizado; atuaram nesta operação " Presságio ", em que são investigados momentaneamente dez pessoas, incluindo dois vereadores, uma assessora parlamentar da Câmara Municipal de Florianópolis que é esposa de um destes vereadores investigados nesta Operação " Presságio "; bem como, um outro servidor comissionado municipal de Florianópolis (SC) - a " Ilha-da -Magia ".

SANTA CATARINA TEM SIDO UM ESTADO CRÍTICO DIANTE AVALANCHE DA CORRUPÇÃO

A corrupção; desvios financeiros milionários dos cofres públicos e formação de organização criminosa em dezenas de municípios em Santa Catarina como já apontadas pelas inúmeras das investigações do MPSC, equipes da GAECO; DEIC, DIC, Receita Federal, Polícia Civil e até apoio da Polícia Militar, mostram a gravidade com que a imensidão de municípios do Estado de Santa Catarina alvos da corrupção e desvios milionários dos cofres públicos, resulta em prejudicar imensamente a grande maioria da população catarinense. Santa Catarina possui imensas dificuldades que há décadas existem no enfrentamento nas áreas de Saúde; Educação; Segurança Pública; Cultura; Habitação, Desenvolvimento Social e Econômico, por exemplo. A roubalheirta do dinheiro público através de atos ilegais, ilícitos, acabam sendo prejudicial para essa grande maioria do povo catarinense. É preciso urgentemente que a Justiça em Santa Catarina haja dentro dos fundamentos legais que haja punições para quem comete crimes hediondos como é o da corrupção que resulta em desvios de elevados montantes financeiros dos cofres públicos em Santa Catarina.

POVO QUER JUSTIÇA NUM PAÍS ONDE LENIÊNCIA FAVORECE MAFIOSOS, CORRUPTOS

Afinal, o povo paga tributos, paga impostos, taxas públicas, e portanto, merece respeito, merece consideração e quer ver resultados punitivos para corruptos, mafiosos, quadrilhas que organizadas criminosamente praticam ilícitos prejudicando a imensa maioria do povo catarinense. Chega de roubalheira do dinheiro público neste país onde em praticamente todos os estados da federação e na maioria dos municípios; mafiosos ATUAM PREJUDICANDO O POVO. A JUSTIÇA NÃO PODE SER JAMAIS LENIENTE. CADEIA PARA CORRUPTO. DEVOLUÇÃO TOTAL DOS RECURSOS PÚBLICOS DESVIADOS DOS COFRES PÚBLICOS. ISTO É O MÍNIMO QUE O POVO EXIGE ! Operações desde a Moeda Verde; Aves de Rapina; Mensageiro, essa atual da Presságio e inúmeras outras de combate a corrupção em Santa Catarina, ao que se vê até agora, é de que nennhum mafioso, corrupto continua preso , algo que se parece MUITO ESTRANHO PARA UM PAÍS QUE PRECISA DE UMA ATUAÇÃO EFICAZ E COMBATIVA DA JUSTIÇA.