DITADURA : MAFIOSO MADURO PROÍBE OPOSITORES DE DISPUTAR ELEIÇÃO NA VENEZUELA

O presidente ditador, o mafioso Nicolás Maduro, proibiu que opositores disputem a eleição presidencial na Venezuela.  A principal candidata opositora de Maduro,  ex-deputada Maria Corina Machado;  foi proibida de disputar a eleição presidencial na Venezuela.  Maria Corina Machado é a principal favorita a vencer as eleições na Venezuela e diante desta forte oposição ao regime do ditador Maduro, ocorreu a proibição dela poder disputar a eleição prevista para este ano de 2024 na Venezuela - país com elevado grau de miséria, pobreza social e econômica e tomado por enxurrada de corrupção no regime Maduro.


Já em 2021, Corina Machado foi proibida de ocupar cargos públicos por 15 anos. A proibição de Maduro teve a ratificação pelo Tribunal  Supremo de Justiça da Venezuela, onde maioria é aliado de Maduro. A OEA - Organização dos Estados Americanos ; diz que a opositora de Maduro  na Venezuela, é " insubstituível " e criticou a inegibilidade. Assim como criticara também governos de vários países latinos americanos como Argentina; Uruguai; Chile, Uruguai e vários outros, menos o  governo do Brasil  em que o governo Lula (PT) , se mantém em silêncio e sendoum dos aliados de Nicolás Maduro; assim como  também de vários outros ditadores  a exemplo de Cuba; Nicarágua e de muitos outros, incluindo na África.