BOLSONARISMO E PL SOFREM ABALO SÍSMICO

O CASO DA Abin PARALELA, CRÍTICAS DO DEPUTADO FEDERAL ZÉ TROVÃO; CONDENAÇÃO POR PARTE DO MPT CONTRA LUCIANO HANG E HAVAN E PRISÕES DE ALGUNS PREFEITOS DO PL POR CORRUPÇÃO; ABALAM COMO UMA ESPÉCIE DE TEMPESTADE O BOLSONARISMO E O PRÓPRIO PARTIDO LIBERAL (PL) DO EX-PRESIDENTE JAIR BOLSONARO. 


 As investigações que vem sendo realizadas pela Polícia Federal (PF) e o Ministério Pùblico Federal (MPF), no escândalo da chamada Abin "Paralela" em que são suspeitos a participação de alguns dos filhos do ex-presidente da República Jair Bolsonarto (PL); somados as recentes críticas do deputado federal catarinense Zé Trovão (PL) contra o ex-Presidente Bolsonaro, bem como; das prisões recentes de dois prefeitos do PL em Santa Catarina, suspeitos de corrupção e mais ainda da condenação por parte do Ministério Público do Trabalho (MPT) de Santa Catarina contra o empresário bolsonarista Luciano Hang e Lojas Havan, que terão tanto Luciano Hang quanto a Havan; segundo a Justiça do Trabalho (MTP), pagarem ambos cerca de R$ 85 milhões por "intimidar " empregados a votarem em Jair Bolsonaro durante véspera das eleições presidenciais de 2018. Luciano Hang e Havan foram condenados através de decisão por parte do Juiz Carlos Alberto Pereira de Castro, da 7a. Vara do Trabalho de Florianópolis (SC). Sobre o que disse Zé Trovão (PL), em referência ao ex-presidente Jair Bolsonaro: " .. o maior mau exemplo para a política ". A condenação, segundo a Justiça; foi por " coação pró- Bolsonaro " em que o empresário Luciano Hang, valeu na época , véspera das eleições de 2018, de " métodos de coação política ", além de assédio eleitoral de seus colaboradores.

Cabe recurso desta decisão do Ministério Público do Trabalho (MTP), em Santa Catarina. Portanto, o Bolsonarismo está literalmente atravessando uma espécie de " tempestade ",onde um temporal político atinge o Bolsonarismo dentro e fora do Partido Liberal (PL).

Mas, como toda a tempestade passa e foi assim como exemplo do agora presidente da República Luis Inácio Lula da Silva (PT), que chegou, inclusive ser preso por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), no caso do escândalo da Lava Jato; caberá aos principais líderes do PL promoverem amplo e profundo debate para aparar as arestas, fissuras agora surgidas no âmbito das ocorrências diante das investigações do MPF; PF e do MPT.