DANIEL ALVES AGUARDARÁ SENTENÇA DO TRIBUNAL DE BARCELONA

Na sala 21 do Tribunal de Barcelona (Espanha ), realizada a terceira das três sessões de julgamento sobre o ex- jogador Daniel Alves. Foi na quarta-feira (07), a última das três sessões de julgamento do ex-jogador do FC Barcelona e da Seleção Brasileira de Futebol, Daniel Alves. 

 Acusado de agressão sexual por uma jovem espanhola de 23 anos de idade durante a noite do dia 30 de dezembro de 2022, na Discoteca Sutton, centro de Barcelona ( Espanha ), o ex- jogador Daniel Alves que nesta sessão do Tribunal de Barcelona; optou por responder apenas perguntas de sua advogada de defesa Inés Guardiola. A sessão durou cerca de 20 minutos. O Ministério Público de Barcelona e a advogada de defesa apresentaram suas conclusões sobre o caso. Não há data definida para a sentença. O Ministério Público de Barcelona pediu pena de 9 anos para Daniel Alves ( Dani ).


SENTENÇA SEM DATA DEFINIDA CONTRA DANIEL ALVES ( DANI )

A sentença por parte da Justiça da Espanha contra Daniel Alves, poderá ser entre 4 a 12 anos de prisão em regime fechado. O Ministério Público de Barcelona, concluiu que " os fatos não são dignos de pena mínima ". A defesa de Daniel Alves considerou haver " incoerência ", ressaltando ainda de que " não se sustenta e ficou sem qualquer verossimilhança ", referindo-se ao depoimentos da denunciante contra Daniel Alves.

A defesa de Daniel Alves, mencionou a intoxicação alcoólica de Daniel Alves; durante a noite em que ocorreu o encontro de Daniel Alves com a jovem dentro da Discoteca Sutton . Durante a sessão de encerramento do Tribunal de Barcelona sobre o caso envolvendo Daniel Alves e a jovem que o acusou de agressão sexual; a primeira a falar foi a Promotora Elisabeth Jimenéz , que desde o início optou pela concentração na veracidade da declaração da denunciante. " A história é absolutamente credível ", disse Gimenéz.. Ela manteve a mesma versão em todos os momentos ", destacou. A Promotora enfatizou ainda que " a história tem sido difícil ".